FAQ
Quando o cliente se encaixa no programa MCMV (Minha Casa Minha Vida)?
Quando o cliente se encaixa no programa MCMV (Minha Casa Minha Vida)?

Quando não possuir imóvel em seu nome e não foi beneficiado pelo subsidio, e quando a renda familiar for abaixo de R$5.000,00. E o valor do imóvel até R$ 170.000,00 dependendo da quantidade de habitantes ou regionalização.

  • Não ser detentor de financiamento ativo nas condições do Sistema
  • Financeiro da Habitação – SFH, em qualquer parte do país
  • Não ter recebido a partir de 1º de maio de 2005, desconto concedido pelo FGTS na concessão de financiamento habitacional.
  • Não ser proprietário, cessionário ou promitente comprador de outro imóvel residencial urbano ou rural, situado no atual local de domicílio, nem onde pretende fixá-lo.
  • Não ser titular de direito de aquisição de imóvel residencial urbano ou rural, situado no atual local de domicílio, nem onde pretende fixá-lo.
  • Tabela PRICE ou SAC.
  • Juros nominais:
    • – Renda de 3 a 5 salários mínimos – 5% a.a. + TR
    • – Renda de 5 a 6 salários mínimos – 6% a.a. + TR
    • – Renda de 6 a 10 salários mínimos – 8,16% a.a + TR




Quando o cliente se encaixa na carta de crédito SBPE?
Quando o cliente se encaixa na carta de crédito SBPE?

Em casos da renda ultrapassar o valor de 5.000,00, possuir imóvel no nome, e em casos que o valor de avaliação da Caixa, ultrapassar o limite exigido para cada município.




Quando o cliente pode utilizar o FGTS para abater no financiamento ou para desconto da taxa de juros?
Quando o cliente pode utilizar o FGTS para abater no financiamento ou para desconto da taxa de juros?

  • O cliente pode utilizar o FGTS, se possuir mais de 36 meses de registro de carteira e não possui imóvel no nome. Para utilizar o FGTS apenas para desconto da taxa de juros(somente para MCMV), o cliente tem que apresentar extrato do FGTS com saldo na conta, mesmo que o cliente não for utilizar no financiamento é necessário apresentar para obtenção do desconto. O cliente tem que morar ou trabalhar na cidade do imóvel ou regiões limítrofes.
  • Quando o cliente esta trabalhando em outra cidade que não seja a do imóvel ou limítrofes, devera apresentar comprovante em seu nome de um ano atrás, do mesmo mês de referencia, e a mesma conta(obrigatório não pode ser em nome dos pais).
  • Se o cliente possuir somente renda informal e deseja utilizar o FGTS, ele não terá como comprovar a lotação, neste caso terá que apresentar comprovante de endereço de 01 ano atrás.
  • Quando o cliente não possui comprovante de endereço em seu nome e ira apresentar no nome dos pais ou cônjuge é obrigatório apresentar declaração do empregador completa com todas as exigências citadas na declaração do empregador.
  • Quando o cliente possui somente união estável e ira utilizar comprovante de endereço do cônjuge é obrigatório assinar o formulário de união estável e declaração do empregador.
  • Um cliente SBPE pode também utilizar o FGTS desde que tenha mais de 36 meses de CTPS assinada, não tenha imóvel em seu nome, caso já possuiu solicitar a matricula atualizada comprovando a venda.






Se o cliente já tem ou teve imóvel e deseja utilizar o FGTS?
Se o cliente já tem ou teve imóvel e deseja utilizar o FGTS?

  • 1 - O cliente devera apresentar matricula do imóvel para comprovar a venda/transferência do imóvel
  • 2 - Se o imóvel se localiza em outra cidade, apresentar matricula para comprovar que esta quitado, não pode estar financiado. (não pode possuir imóvel na cidade ou limítrofe)
  • 3 - No caso de terreno no nome, devera apresentar matricula do imóvel e Carnê do IPTU para comprovar que não há área construída